Lilian Nakahodo

Lilian Nakahodo

É pianista, pesquisadora, compositora, editora de áudio para filmes e professora de piano, com formação em Produção Sonora e mestrado em Criação, Estética e Teoria Musical pela UFPR. Toca profissionalmente em diversos grupos musicais desde 2000, dos mais variados gêneros, buscando paralelamente o aperfeiçoamento em composição, sonologia e performance pianística  em oficinas de música (Curitiba, Itajaí e Tatuí) e congressos, simpósios e encontros de música e arte sonora. Formou-se em Harmonia popular pelo Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba (ICAC) e desde 2003 estuda técnica pianística e repertório erudito com Vera Di Domênico.

Dentre os trabalhos mais expressivos em performance pianística estão a participação em projetos de concertos temáticos realizados pela Paideia (2006 – Invenções e Sinfonias de Bach, 2007 – Mikrokosmos de Bela Bartók, 2008 – Cirandas e Cirandinhas de Villa Lobos, 2010 – Schubert, 2012 – Sr. e Sra Schumann), a gravação ao vivo da obra integral Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado de John Cage em 2011 com Grace Torres, sob direção de Vera Di Domênico, com diversos concertos de lançamento do CD incluindo apresentação na 30a Oficina de Música de Curitiba e no festival “Tage fur neue music” em Darmstadt (Alemanha).

No âmbito da música popular, dos trabalhos mais expressivos citamos a gravação e divulgação do DVD “Bluishmen: uma homenagem a Moacir Santos” (2006) e a gravação e divulgação do DVD “Big Time Orchestra: ao Vivo no Bourbon Street” de 2006 a 2010, nas principais casas de show do país, programas de TV (Jô Soares, Hebe, Amauri Jr., Ronie Von etc.) e festivais (Festival de jazz & blues de Búzios, Rio das Ostras e Paraty, Guarujazz, Espaço Veja Riviera e Campos de Jordão, Festival de Antonina, etc.), além de turnê internacional para o Japão. Em 2013 participou da gravação dos CDs de Michelle Pucci e Daniel Siwek e atualmente performa em shows de lançamento de artistas autorais curitibanos.

Além da performance, é editora de efeitos sonoros desde 2007, realizando trabalhos em filmes como “Vips”, “Tropa de Elite 2”, “As melhores coisas do Mundo”, “Lula”, “Nosso Lar”, “Besouro”, “Cilada.com”, “Corações Sujos”, “E aí, comeu?” e “Trinta”. Como compositora, fez a trilha sonora do espetáculo de dança “Corpo Urbano” (2011), músicas para o quarteto Corda Bamba, trilhas de curtas curitibanos, e composições eletroacústicas, com participação no II Mônaco Eletroacoustique 2013, II Bienal Música Hoje, IV Encontro Internacional de Música e Arte Sonora de Juiz de Fora.