cartaz_si_dolce

SI DOLCE È IL TORMENTO

Com a produção executiva de Cristiane Alexandre – Paidéia Produções Artísticas, este projeto contou com o apoio do Fundo Municipal da Cultura, premiado pelo Edital de Música de Câmara. Os 3 concertos foram realizados em novembro de 2013 no Espaço Cultural Capela Santa Maria.

A soprano paranaense Marília Vargas, acompanhada do brasileiro Guilherme de Camargo (guitarra barroca) e dos argentinos radicados na Europa, Dolores Costoyas  (teorba)   e Juan Manuel Quintana (viola da gamba), trouxeram ao público curitibano um  programa inteiramente dedicado à música do século XVII italiano.

Um dos períodos mais marcantes da história de música, o século XVII foi responsável por uma alteração substancial na forma de pensar a música, quando o texto volta a ter importância fundamental, e sua compreensão passa a ser tão importante quanto a beleza das melodias que lhe dão vida.